Segurança em casa, na rua e na escola

Na sequência do projeto em curso “Segurança em casa, na rua e na escola” na nossa escola em parceria com a SRERH, o Serviço Regional de Proteção Civil e a Associação Insular de Geografia deslocaram-se à Marinheira a fim de sensibilizarem alunos, professores e funcionários relativamente aos passos a tomar aquando da necessidade de evacuação da nossa escola.

Deste modo, inicialmente, todos os alunos participaram numa palestra teórica sobre o tema, através da qual foi possível ver imagens e vídeos do que se deve ou não fazer numa situação de emergência. Simultaneamente, debateram-se inúmeras questões que foram sendo colocadas quer pelos alunos, quer pelos próprios elementos da Proteção Civil. Foi o caso do número 112. Sendo este um número de emergência, apenas se deverá utilizar em caso de necessidade e nunca por brincadeira!

Aprendemos também que todas as escolas devem ter um Plano de Evacuação para fazer face a uma eventual catástrofe (incêndios, sismos, inundações, etc.) que possa surgir. Este tem algumas regras que devemos sempre seguir. Assim, ao som do sinal de alarme, devemos deixar todo o nosso material dentro da sala de aula e sair imediatamente para o corredor em fila indiana. Na frente da fila, deverá ficar sempre o chefe de fila (previamente eleito pela professora) e, no final desta, a professora de modo a verificar que não ficou nenhum aluno para trás. A fila deverá seguir pelo corredor com todos os alunos encostados à parede, em silêncio e num passo apressado até se encontrarem no local do ponto de encontro já definido. Se estivermos sozinhos num outro local da escola, devemos dirigir-nos imediatamente para o local do ponto de encontro e, depois, procurar a nossa professora e turma. O Plano de Evacuação deverá ser treinado através de simulações para que todos estejam prontos quando ocorrer um incidente e se possa reduzir ao máximo o número de feridos e de vítimas.

Também ficámos a saber que, quando ocorre um incêndio, devemos baixar-nos ou gatinhar pelo chão e proteger a boca e o nariz com um pano, com a nossa própria camisola ou com o nosso braço de forma a não inalarmos o fumo provocado pelo incêndio. E nunca devemos utilizar o elevador, mas sim as escadas! Se a nossa roupa estiver a arder, devemos parar, deitar no chão e rolar até o fogo se apagar. Esta sessão foi muito esclarecedora e aprendemos muita coisa nova!

No momento seguinte, os elementos de Proteção Civil fizeram alguns exercícios com os alunos do Pré-Escolar sobre o que fazer em caso de incêndio. Depois, todos nós participámos num exercício de evacuação da escola. Foi apenas uma simulação, mas parecia real! No final, todas as turmas participaram num jogo da glória intitulado “Escolas e Segurança”. Para além de nos divertirmos, com este ainda aprendemos algo mais sobre a segurança na rua e em casa.

Somos uma escola do 1ºCiclo com Pré-Escolar inaugurada em Junho de 1999. Pertencemos ao concelho de Câmara de Lobos, Região Autónoma da Madeira, Portugal.

Escola da Marinheira

Somos uma escola do 1ºCiclo com Pré-Escolar inaugurada em Junho de 1999. Pertencemos ao concelho de Câmara de Lobos, Região Autónoma da Madeira, Portugal.

One thought on “Segurança em casa, na rua e na escola

Deixe o seu comentário...