Sei um ninho…

A sociedade de hoje em dia encontra-se de tal modo focada em aspetos tão superficiais que ainda não entendeu que aquando da última árvore derrubada, do último rio  envenenado ou do último peixe pescado, só então se dará conta de que dinheiro é coisa que não se come. Existem momentos e lembranças que ficam na memória das crianças e o aparecimento de um ninho em ambiente escolar é algo de emocionante; poder acompanhar o crescimento e a evolução destes pequenos seres, torna-se tão importante como consciencializar-se para a importância da sua preservação. Aumentar a biodiversidade de uma maneira segura, eficaz e sustentável é uma atitude futurista, de ambição; esperemos que estas espécies possam crescer alegremente no seio de quem as protege! Veja abaixo algumas fotografias do nosso ninho e dos pequenos novos Marinheiros.

A propósito do título, deixamo-vos com um lindíssimo poema de Miguel Torga “Sei um ninho”.

Sei um ninho.
E o ninho tem um ovo.
E o ovo, redondinho,
Tem lá dentro um passarinho
Novo. Mas escusam de me atentar:
Nem o tiro, nem o ensino.
Quero ser um bom menino
E guardar
Este segredo comigo.
E ter depois um amigo
Que faça o pino
A voar…

Somos uma escola do 1ºCiclo com Pré-Escolar inaugurada em Junho de 1999. Pertencemos ao concelho de Câmara de Lobos, Região Autónoma da Madeira, Portugal.

Escola da Marinheira

Somos uma escola do 1ºCiclo com Pré-Escolar inaugurada em Junho de 1999. Pertencemos ao concelho de Câmara de Lobos, Região Autónoma da Madeira, Portugal.

Deixe o seu comentário...